top of page
KUNDALINI YOGA    NA RECUPERAÇÃO   
DE ADICTOS

Conheça o projeto “Kundalini Yoga para recuperação de adictos”, que desde 2012 atua no apoio à recuperação de homens e mulheres contra a dependência de substância psicoativas, através do programa da comunidade terapeuta da SERVOS, situado no Distrito Federal/Brasil.

NOME DO PROJETO: Kundalini Yoga para recuperação de adictos

PAÍS: Brasil
CIDADE: Brasília 

DESCRIÇÃO: Prática de Kundalini Yoga para adictos nas Fazendas masculina e feminina da SERVOS- Fazenda do Senhor Jesus

PÚBLICO: Mulheres e homens adictos em recuperação

ANO DE INÍCIO: 2012

RESPONSÁVEL: Seva Amrit Kaur

PARA APOIAR O PROJETO, ENTRE EM CONTATO:

[email protected]

CONHEÇA MAIS

O projeto de Seva “Kundalini Yoga para Adictos”, nasce por inspiração de outro projeto, o  SuperHealth, um programa de reabilitação norte-americano criado pela 3HO, reconhecido como um dos 10 melhores programas de tratamento dos EUA.

 

A sevadar Sat Anand Kaur, responsável pela estruturação do projeto de Seva nas fazendas, nos conta que ficou inspirada em saber da existência de um programa de referência que utiliza a tecnologia do Kundalini Yoga para o tratamento de dependentes químicos. 

 

Dessa forma, por iniciativa própria, estruturou um projeto para atuar em parceria com a SERVOS - Sociedade de Empenho na Recuperação de Vidas através da Oração e Serviço, organização católica, sem fins lucrativos, responsável pela criação da Comunidade Terapêutica Fazenda do Senhor Jesus, que desde 1986 trabalha com a recuperação e reinserção social daqueles que sofrem com a dependência de substâncias psicoativas.

 

O programa adota como sistemática de tratamento um período de internato de nove meses, subdividido em três etapas - Adaptação (1° ao 3° mês) Formação (4° ao 6° mês) e Conclusão (7° ao 9° mês).

 

A origem católica da SERVOS e a cultura e paramentos indianos do Kundalini Yoga não foram impeditivos para que essa ciência pudesse atuar a serviço dos homens e mulheres internados nas fazendas, pelo contrário, o projeto de seva foi fundamental para a recuperação dos adictos, que se articulou perfeitamente com o programa da SERVOS. Como nos conta Maria Rosa, ex-acolhida do programa e atual diretora administrativa das Fazendas:

 

“Eu levei um susto, eu achei aquilo tudo muito louco, o que que tem a ver eu parar de beber com Yoga? Não combina, minha religião não permite [...] Mas a professora no dia começou a explicar como tudo funcionava, eu perguntei se tinha alguma coisa a ver com religião, tudo isso foi explicado e naquele mesmo dia eu me apaixonei”

 

Maria Rosa relata que a prática de Kundalini Yoga mostrou a ela a importância do relaxamento, de voltar a si mesma, de adotar uma disciplina auto-imposta,  experimentando um profundo bem-estar após as aulas, especialmente no que diz respeito a insônia que a acometia gravemente.

 

Além do bem-estar físico, as práticas de Kundalini Yoga facilitavam um ambiente de respeito à diversidade e comunhão entre as internas, que chegavam de contextos sócio-econômicos diversos e de tipos de adicções distintas.

 

Nas fazendas, em certa medida e grau, há uma igualdade, pelo reconhecimento da necessidade de ajuda e por estarem todas comprometidas com sua recuperação. O senso de comunidade faz parte do método empregado pela SERVOS para produzir mudanças terapêuticas e educacionais nos indivíduos e todos os participantes são mediadores dessas mudanças. 

 

Com as partilhas e a conexão que se estabelece entre internas e professoras, fica claro que os benefícios da prática se expandem também às sevadars, como compartilha Seva Amrit Kaur:

 

 “Eu entro de um jeito para dar aula na fazenda e saio de outro, sempre saio muito melhor, porque de fato a gente sai muito alimentada, por perceber o quanto é bom pra elas.”

 

As internas aproveitam o espaço terapêutico das aulas de Kundalini Yoga e compartilham sobre os impactos da prática em suas vidas, seus embates psicológicos, os desafios que enfrentam durante os nove meses de internação. A mudança é concreta e é perceptível como a prática as apoiam durante suas jornadas pelo programa. 

 

O projeto de Seva de Kundalini Yoga para Adictos na Fazenda do Senhor Jesus, representa o cerne dos valores dharmicos de Seva, atuando integralmente sob aspectos políticos, econômicos e sociais, reconhecendo que a adicção não é apenas uma doença física e psicológica, mas também social, que atinge milhares de pessoas, independente de sua classe social, raça, religião. 

 

Para saber mais e se precisa de ajuda com esse assunto, acesse: 

http://www.fazendadosenhorjesus.org.br/

 

https://www.facebook.com/servos.fsj.9

bottom of page